A Pureza da Voz

13 11 2009

Um grande filme com vozes sublimes.

Anúncios




Raúl Solnado 1929-2009

8 08 2009

Raul-Solnado

Há pessoas que deveriam ser eternas, e o Raúl Solnado é uma delas. Fiquei arrepiado ao ouvir a notícia, perdemos o soldado Solnado da guerra de 1908. Faz parte das minhas memórias de infância, das recordações da adolescência e das lições de vida que transmitiu ao meu ser já adulto. Grande perda para todos nós, que vida cheia teve, e no fim Solnado tem tudo a ver com Saudade. RIP e um bem haja por tudo o que nos deixou.





Sugestões

10 02 2009

Uma colega e amiga sugeriu-me três filmes, partilho convosco as sugestões que me deixou.

 

Seven Pounds – Sete vidas
País: EUA
Género: Drama
Realização: Gabriele Muccino
Elenco: Will Smith, Rosario Dawson, Woody Harrelson

Sinopse:
Ben (Will Smith) é um homem depressivo que foge da culpa de um acidente que causou. Ele planeia salvar sete almas ainda vivas para tentar apagar o que fez no passado…

Comentário:
Will Smith tem andado muito sério, e não lhe fica nada mal. Embora o filme tenha tendência em cair no dramalhão, não deixa de ter os seus aspectos interessantes, a começar pelas interpretações de Will Smith e de Rosario Dawson, e continuando pela banda sonora que é excelente. A história é intensa, chega a ser pesada, começando a ser revelada pouco a pouco e culminado no fatal final com a clara intenção de provocar lágrimas aos mais sensíveis. Fala de culpa, de amor, de desespero, de redenção.
Não é fantástico, é mediano.


Vicky Cristina Barcelona
País: Espanha, EUA
Género: Romance, Comédia
Realização: Woody Allen
Elenco: Javier Bardem, Penélope Cruz, Scarlett Johansson, Rebecca Hall
Sinopse:
Vicky (Rebecca Hall) e Cristina (Scarlett Johansson) são as melhores amigas do mundo mas têm atitudes completamente diferentes no que toca ao amor. Quando uns parentes distantes de Vicky se oferecem para recebê-las num Verão em Barcelona, elas aceitam imediatamente. Uma noite, já em Barcelona, conhecem Juan Antonio (Javier Bardem), um pintor que as convida a voarem com ele numa viagem de fim-de-semana para Oviedo…

Comentário:
Um filme que retrata as convenções das relações amorosas e em polos opostos a liberdade que outros procuram e as paixões verdadeiras. Fantásticas interpretações, com destaque para Javier Bardem e Penélope Cruz (com um toque de personagem à Almodóvar), e o eterno tom irónico de Woody Allen.
Não será dos melhores de Woody Allen, mas é dos melhores dos últimos anos, exceptuando o grande Match Point.
Filme bem humorado que nos deixa a pensar sobre as escolhas que se fazem, não pelo coração, mas a favor do politicamente correcto e convencionado, da ilusória felicidade, da hipocrisia das relações que a sociedade continua a vender.
Filme quente, com Gaudí como pano de fundo e um toque musical de flamenco, a preencher a libertinagem do amor e das paixões marginais.

Brideshead Revisited – Reviver o Passado em Brideshead
País: Reino Unido
Género: Drama
Realização: Julian Jarrold
Elenco: Matthew Goode, Thomas Morrison, Anna Madeley, Emma Thompson, Ben Whishaw

Sinopse:
A história começa em 1925 em Oxford com o início de uma amizade entre Charles Ryder (Goode) e Sebastian Flyte (Whishaw), filho de Lord e Lady Marchmain. Charles é rapidamente seduzido pelo mundo opulento e glamoroso de Sebastian, ficando contente com o convite para Brideshead, a magnífica casa ancestral dos Marchmain…

Comentário:
Sem estabelecer comparações com a série original…
O filme contado em analepse, começa com uma certa leveza e caminha para um tom mais pesado. É o peso que a religião inflige aos personagens e é a presença desta que conduz o filme.
Também aqui se retratam convenções, sempre tão enraizadas no ser humano, convenções de classe, de religião, de sexo.
As personagens temporariamente acreditam poder fugir à educação fechada e rodeada de uma imposição de cariz religioso. Vivem a ilusão de liberdade, a ilusão de que o amor vence tudo e todas as barreiras.
Mas esta liberdade só se alcança com uma negação profunda e uma fuga em absoluto.
Debatemo-nos aqui com o conflito das personagens que tentam negar as raízes e a educação que têm, mas que se rendem, aceitam-nas como uma maldição sem solução.
Intenso, forte.

 

Irei vê-los brevemente, se o entenderem, façam-no também.





Pensar em …

9 02 2009

newline.wireimage.com

Para duas amigas, Carina e Catarina, façam apenas o que VOCÊS acharem que querem para VÓS, não para agradarem a outros, mas por vos agradar a VÓS.

“O melhor amor é aquele que desperta a alma, e nos faz tentar chegar mais longe.” Nicholas Sparks in O Diário da nossa Paixão





Resistentes

8 02 2009

resistentes

Um filme interessante, com uma história verídica, daquelas que fazem parte das vidas de quem as viveu, sem heroismos reconhecidos globalmente, uma história de verdadeira luta pela LIBERDADE.

O ano é 1941 e os judeus da Europa Oriental estão a ser massacrados aos milhares. No intuito de fugir à morte certa, três irmãos refugiam-se nas densas matas que conhecem desde a infância, e aí dão início a uma desesperada batalha contra os nazis. Daniel Craig, Liev Schreiber e Jamie Bell interpretam o papel de três irmãos que, de uma luta pela sobrevivência, evoluem para algo com consequências bem mais amplas – vingar a morte dos seus entes queridos salvando milhares de outros.