Tirando o pó

26 05 2009

Nem sempre estamos dispostos para escrever, nem sempre estamos dispostos a ouvir, por vezes temos necessidade de parar um pouco e reflectir qual o caminho a seguir. Estas fases requerem muito de nós, do nosso ser e intelecto, decidir qual dos caminhos percorrer nem sempre é fácil. Quando me deparo com estas situações, fico sempre um pouco angustiado, por vezes a escolha é variada e a decisão torna-se complicada, é assim que me venho sentindo de há algumas semanas para cá.

Mas para solicionar toda esta ambiguidade, nada como deixar o tempo correr, sábio este nosso tempo, até porque nos permite ir arrumando a casa, tirando as teias dos cantos da mesma, e lavar as janelas para deixar o sol entrar, pois bem é mesmo por aí que vou. Por isso se me virem por aí de espanador na mão, não se admirem, estou em limpezas.

Enquanto limpo e não limpo, fica para mis salseras…

Anúncios

Acções

Informação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: